Social Selling – Estatísticas essenciais que precisa de saber em 2017

Social Selling – Estatísticas essenciais que precisa de saber em 2017

Social Selling – o tema do momento!

Nos últimos tempos, o tema do social selling tem sido falado e muito se tem escrito sobre este fenómeno.

Os tempos digitais trouxeram alterações no modo como compradores e vendedores conversam, interagem, encontram informação uns sobre os outros, entre tantas situações.

As equipas de vendas e os seus vendedores têm compreendido a existência de novos territórios digitais na relação com o cliente e viram alterado o processo de decisão de compra pelo decisor / comprador.

As redes sociais tornaram-se rapidamente o canal para as pessoas de vendas encontrarem novas perspectivas de alcance e de gestão da relação com o cliente.

O poder do Social Selling para Acelerar Vendas

Webcast  26 Outubro – O poder do Social Selling para Acelerar Vendas   [Inscrição gratuita]

 

Os dados estatísticos sobre Social Selling reforçam a força deste modo de atuação, justificam a pertinência da sua ativação e a mudança no modelo de venda de muitas organizações.

Algumas organizações têm-se dedicado ao tema, contribuindo para o seu melhor conhecimento:

Linkedin Sales Solutions – Acompanhem o Slideshare, a página no Linkedin e no Twitter.

Sales for Life

Hootsuite

Hubspot

 

O número de empresas que adotam táticas de Social Selling tem estado a crescer!

Na verdade, o Sales for Life indica que 62,9% dos profissionais de vendas informam que o Social selling tornou-se altamente importante para fechar novos negócios. Os compradores percorrem 57% do processo de compra antes que profissionais de vendas falem com eles.  As organizações B2B com marketing e vendas bem alinhadas alcançaram crescimento de receita 24% mais rápido. Quase 82% dos compradores visualizaram entre cinco a oito peças de conteúdo através de um profissional de vendas.

 

A área de Sales Solutions do Linkedin publicou recentemente o estado da arte sobre a matéria. Três indicadores relevantes entre outros:

  • 6.8 pessoas em média estão envolvidas no processo de compra
  • 77% dos compradores não acreditam que as vendas compreendam o seu negócio e acham que não conseguem ajudar.
  • 24% dos vendas esperadas desaparecem misteriosamente por falta de followup.

 

A Nudge publicou 5 estatísticas relevantes sobre Social Selling:

  • Mais de 50% dos profissionais de vendas usam hoje tecnologia para gerar novas contas cliente e gerir relações com prospects e clientes;
  • 91% dos profissionais de vendas usam tecnologia ao longo de todo o ciclo de vendas;

Os profissionais de vendas estão a usar a tecnologia para encurtar o ciclo de vendas, fechar negócios maiores e aumentar a receita da empresa. Quase o mesmo número de profissionais (90%) diz que a tecnologia é “importante” ou “muito importante” para fechar negócios.

  • 55% dos profissionais de vendas esperam aumento no investimento em nova tecnologia;
    Com tanto uso da tecnologia por profissionais de vendas, faz sentido que esperem que as suas empresas continuem a investir. Como resultado, mais de metade (55%) esperam que os seus empregadores aumentem investimentos tecnológicos .
  • 62% dos profissionais de vendas usam redes sociais para criar confiança e reconhecimento de marca com os compradores;
    Como fãs e defensores do social selling, não é surpresa que mais da metade dos profissionais de vendas atribuem o seu sucesso às redes sociais (62%). “Os vendedores não pretendem mais o jantar de bife e a venda difícil; Atualmente, optam por uma abordagem mais suave e estratégica, misturando experiências online e offline e estabelecendo-se como conselheiros confiáveis ​​”, diz o relatório do LinkedIn.
  • 77% dos compradores não se envolverão com profissionais de vendas que não se esforçam para os conhecer;
    Especialmente quando se trata de produtos B2B de nível empresarial! Esses tipos de compras não são feitos rapidamente, por isso é importante que os profissionais de vendas conheçam os seus compradores e potenciais clientes. Tem que existir um certo nível de confiança entre comprador e vendedor antes de qualquer um assinar um contrato de venda. A tecnologia de vendas ajuda a estabelecer essa confiança porque aumenta a capacidade do vendedor de demonstrar conhecimento e compreensão.

A Reply.io agregou 83 estatísticas relevantes sobre Social Selling. Embora muitos dados sejam antigos, a publicação ilustra bem a força desta nova era digital nas vendas.

Webcast  26 Outubro – O poder do Social Selling para Acelerar Vendas   [Inscrição gratuita]

 

Este vídeo do Jamie Shanks (uma das autoridades mundiais em Social Selling) faz uma análise interessante sobre as dificuldades no processo de implementação de um programa.

Estudo completo – Trends Report 2017

 

O Super Office publicou 29 dados estatísticos sobre Social Selling embora alguns elementos sejam já antigos e carecem de atualização. A referência a vários estudos sobre a mudança do customer journey map, dos vendedores e de todo o processo. Muitas dos dados provêm do Linkedin que vai apresentando vários estudos sobre o fenómeno, reforçando a sua pertinência.

Estudo Linkedin.

 

Outra grande referência mundial – Koka Sexton – tem produzido muita documentação sobre o assunto – não tivesse sido ele o grande evangelizador do Social Selling no Linkedin!

Querer ficar à frente da concorrência para ter mais conversas de vendas, é uma das consequências positivas do social selling! Entre vários infográficos, deixo-vos este da Sales for Life.

Tenho um álbum no Pinterest com muitos infográficos sobre Social Selling – consulte aqui.